Descubra todas as oportunidades Tronik︎ Subscreva a Newsletter.︎

Como é o relacionamento com o teu chefe?
24/10/2019

Como é o relacionamento com o teu chefe?

Num mundo perfeito, todos os chefes seriam ótimos chefes. Todos trabalhávamos para uma pessoa simpática, que entende os seus pontos fortes e fracos e da sua equipa, que inspira os outros a serem os melhores profissionais e que é uma pessoa solidária que pensa no melhor para todos. Porém, na realidade, e infelizmente, nem todos temos essa sorte.

Deves entender o papel que desempenhas no relacionamento com teu chefe. Essa ligação vai contribuir para o sucesso do trabalho e para o bom ambiente na empresa. Se a tua relação com o teu chefe não é das melhores, continua a ler no nosso texto para dares a volta à situação.


O teu chefe trata-te como um colega?

O respeito é algo, diríamos, subjetivo. Será que é necessário manter a distância e tratar por “você”? Ou manter um postura séria e não partilhar um acontecimento divertido do fim de semana? E não terão gosto em comum? Desportos, séries e filmes, viagens, cozinha, … Antes de haver um patrão e um funcionário, existem duas pessoas com sentimentos, sonhos, vidas pessoais e experiências que devem de partilhar.


Ambos devem confiar nos conselhos do outro, especialmente em temas não dominam. E também é importante procurarem a suas sugestões e trocar ideias. 


É certo que um grande número de trabalhadores se sentem ignorados pelos seus superiores. Se não te vêm como um par, precisas de perguntar porquê. A resposta pode estar relacionada com a cultura da empresa, problemas de liderança ou algo sobre o teu trabalho e as tuas competências. 


O desenvolvimento das tuas skills 

Se tu não fazes ideia de quais são as tuas skills que estão a ser desenvolvidas por trabalhares para o teu chefe, é porque, possivelmente, não estás a desenvolver nenhuma.

Quando um chefe não tem em consideração o aumento de conhecimentos de um funcionário, é por não estar interessado em investir na progressão da sua carreira, mesmo dentro da própria empresa.  Em muitos casos, acontece que o chefe não tem noção disso. Não tem como objetivo o seu próprio progresso, a procura de novas oportunidades ou o crescimento da empresa.

Quando uma pessoa não tem objetivos marcados para si, como poderá ter para os outros?!

Se perceberes que o teu desenvolvimento está em causa, ainda há uma pequena esperança de mudar isso e de melhorar o relacionamento com o teu superior.

Ajuda o teu chefe reacender a chama do progresso e tem uma conversa franca sobre, enquanto equipa, onde podem chegar e partilhar as  necessidades de formação e outras atividades que devem de fazer em grupo.


A motivação do teu chefe

Se tu não sabes quais são as motivações da tua chefia, talvez, não estejas a ajudar como deverias. Um ótimo relacionamento com teu chefe é marcado por uma dinâmica win-win. Tu ajudas o teu chefe a alcançar os seus objetivos, e ele ajuda-te a chegares aos teus.

Esta compensação não tem de ser apenas em termos financeiros. Pode ser visível em, por exemplo. facilitar o horário para frequentares um curso.

Tenta mostrar interesse em conhecer o teu superior como pessoa, e não apenas como chefe. Por meio de conversas informais, para teres mais informações sobre a sua vida pessoal, o seu percurso profissional, o porquê de ter criado a empresa ou quando entrou nela, os seus objetivos no cargo e a longo prazo.

Da mesma forma que tu desejas que o teu chefe te conheça e apoie, deves de te esforçar para descobrir as suas necessidades e motivações.

Fonte.

Tronik - Digital Recruitment Agency
Tronik - Digital Recruitment Agency