Descubra todas as oportunidades Tronik︎ Subscreva a Newsletter.︎

3 passos para seres o Herói nas entrevistas de emprego
25/07/2019

3 passos para seres o Herói nas entrevistas de emprego

Se não sabes como deixar a tua marca numa entrevista de emprego estás a ler o artigo certo. A formula é simples: basta seres impactante. Como fazes isso? Transforma a tua resposta numa história.

Como sabemos, uma história tem um início, um meio e um fim. Mas na nossa narrativa, vamos optar por estas palavras: cenário, solução e resultado.

Já ouviste falar da chamada “Jornada do Herói”? É, resumidamente, a base da maior parte das histórias que tu conheces. Neste caso, és tu que transportas o recrutador para o “mundo” da aventura, dás a conhecer os seus obstáculos, as tuas soluções e como, no final, foste o grande herói.

Não te preocupes (muito) com o tempo que este processo pode demorar. O recrutador reservou aquele período para ti e para te conhecer. Este é o teu momento.

Na maior parte das entrevistas, depois de uma breve apresentação, o contratante passa-te a palavra e a oportunidade de falares sobre ti e sobre o teu percurso até ao dia. Aí tens a tua oportunidade!

Pormenor-chave, a história deve de ser direcionada à vaga/empresa que te candidatas. Mais que resolver problemas, tu és a resposta para os problemas daquela empresa.

Estas três etapas, não só vão ajudar-te a causar uma impressão positiva, como garantes que respondes com detalhe a todas as perguntas.

O Cenário
É a base da tua história. Vais contextualizar a ação no tempo e no espaço. Aqui invocas o “problema”, o obstáculo que enfrentaste, o “dragão” que tu, e só tu, podias derrotar. A forma como tu começas tua história é tão significativa, quanto como a terminas. Dá detalhes suficientes para definir o cenário, faz com que seja criada a imagem na mente do recetor. A introdução não deve ser muito longa.

A Solução
A solução é, literalmente, isso: a solução. Nesta parte da história, tu explicas como planeaste e resolveste o desafio, onde aplicaste uma melhoria ou aproveitaste uma oportunidade. Esta é a fase mais demorada, não deves deixar dúvidas de como foste a personagem mais importante da história. Explica ao detalhe a execução da tua solução, como surgiu a ideia, e o porquê de teres feito dessa maneira.

O Resultado
Conta o grande final. O que é que a tua ideia originou? O que a empresa ganhou com isso? Foste premiado  ou destacado de alguma forma? A conclusão deve de ser objetiva. Mas mais que tudo, heróica.  Transforma o “e viveram felizes para sempre” em “você vai ser feliz porque me vai contratar”.

Olha este exemplo.

Cenário: Há um ano, uma das principais dificuldades da EMPRESA X, onde estagiei, era a sua maturidade e o alcance nas redes sociais.

Solução: Então, surgiu-me uma ideia. Fazer uma publicação com a foto de um chihuahua com um dos nossos produtos. Não sei se se lembra, o chihuahua da Beyuncé Madona era a grande notícia da semana. As publicações com os assuntos do momento, têm maior tendência para se tornarem virais.

Resultado: Com esta ação, tivemos um aumento de 200% de seguidores no Instagram e de 100% nas interações e comentários. O que se refletiu na entrada de mais pessoas no site da empresa. A partir daí, fiquei responsável pelo planeamento e gestão das redes sociais.

Quem foi o herói que salvou o dia?! Tu sabes a resposta.

Atenção, aconselhamos, seriamente, que a história seja real.

Este mecanismo pode-te ser muito útil, também, quando te perguntam como foi a tua experiência em trabalhar em determinada empresa ou se alguma vez lidaste com grandes desafios profissionais.

​Com esta formula, vais conseguir destacar-te na entrevista e ficar na memória como alguém válido. Partilha os teus feitos, e quem sabe, se não surgem oportunidades ainda maiores onde serás o protagonista.
Tronik - Digital Recruitment Agency
Tronik - Digital Recruitment Agency